Algumas empresas tem a capacidade de surpreender seus concorrentes lançando produtos com preços muito abaixo do mercado ou promoções que são verdadeiras loucuras. Mas o que se esconde por trás de ações predadoras de seus concorrentes?

A primeira impressão sempre é que o concorrente predador tem problemas de gestão de custos ou que não sabe precificar corretamente mas em alguns casos é exatamente ao contrário, ele conhece tão bem o negócio dele que pode ofertar preços melhores que os seus concorrentes. Já vi casos de empresas que descobriram novas possibilidades na gestão tributária que reduziram substancialmente seus custos saindo na frente de muitos outros empreendedores que não entendiam da legislação.

Outra impressão comum nestes casos é que o concorrente está com estoques altos e precisa se desfazer deste imobilizado e girar a mercadoria. Muitas vezes a estratégia foi consciente e tinha exatamente este objetivo a compra de um lote maior para conseguir melhores custos e consequentemente ofertar os produtos a um preço menor.

Outra possibilidade de uma ação predadora é a falta de capital de giro. Ao invés de buscar recursos financeiros em bancos resolve queimar o estoque para levantar dinheiro. É uma estratégia eficaz apenas nos casos em que o ganho com a mercadoria com preço baixo seja maior que o custo financeiro de um empréstimo.

Outra situação é a compra de um Mix de produtos inadequado em que o giro da mercadoria é menor que o esperado. Neste caso é necessário reduzir o preço para girar a mercadoria. Isso é muito comum em comerciantes inexperientes que compram suas mercadorias sem conhecer a real necessidade e desejo do consumidor.

Quais as consequências de ações predadoras dos concorrentes?

Perda de credibilidade do predador e possivelmente do mercado como um todo. Muitos aventureiros de um determinado segmento, sem experiência, entram no negócio e acabam atrapalhando o negócio de empresas sérias e idôneas. A melhor forma para se prevenir nestes casos é administrar corretamente seus negócios, construir uma marca forte e prever possíveis situações como estas principalmente em mercados que é muito fácil entrar novos concorrentes e estar preparado para enfrentar estes novos entrantes.

Você já enfrentou concorrentes predadores? O que você fez? Compartilhe sua experiência com outros empreendedores.

Fonte: https://bit.ly/2Lsx7s2