COLEGAS DIFÍCEIS NO TRABALHO?

Todo local de trabalho tem aquele colega que sempre reclama, o que só enxerga as dificuldades da vida, o que briga por um clips, aquele que está sempre fazendo intrigas, o que puxa saco do chefe e fofoca de todo mundo, e a lista segue… Vai pensando em tudo que te incomoda nos seus colegas e que muitas vezes te atrapalha em teu trabalho. Pensou?

Pois é, você precisa analisar algumas questões:

1.Você sempre age da maneira que você julga ser “a correta”, diferentemente do que você julga errado na conduta de seus colegas?

2. Você pode de alguma forma influenciar essas pessoas, de maneira respeitosa, pra que elas venham agir diferente?

3. Como você tem se relacionado com esse colega “difícil”? Com indiferença ou devolvendo na mesma moeda?

Não é nada fácil chegar todos os dias para trabalhar e sempre ver aquela cara enferruscada, ou ter que cuidar como fala porque qualquer coisa pode ofender aquela pessoa, ninguém gosta disso.

Mas existe uma atitude chamada EMPATIA! Ela pode fazer milagres na sua vida e como consequência na vida de quem está perto de você!

Todos passamos por momentos que nos marcaram negativamente, alguns conseguem superar e viver de bem com a vida mas precisamos entender que outros, não conseguem isso e vivem amargos. Você pode não ser responsável pelos problemas da outra pessoa, mas pode ser alguém que não piora as coisas pra ela.

A personalidade negativa de seus colegas, não podem atrapalhar seu desenvolvimento, você tem a escolha de manter a disposição ou abraçar o mau humor que essa pessoa oferece. A escolha é somente sua!

Seja gentil, faça favores, seja disposto, faça o bem! Se não for reconhecido ou devolvido, lembre que semente sempre dá fruto, e algo bom você terá de volta da vida!

Em tempos de cada um na sua, seja diferente e permita-se relacionar sem pensar só em você e no que incomoda você. Mas relacione-se dando algo de bom ao outro, quem sabe ele precise muito de algo que você tem e pode compartilhar! E é algo renovador compartilhar das suas experiências e aprendizados de vivência.

Experimente, baixe a guarda e retribua as reclamações com elogios, as caras feias com um sorriso ou um favor… não importa, seja criativo!

Mas se você não consegue pensar em coisas boas e agradáveis para fazer aos seus colegas, pode ser que você seja a pessoa difícil em seu ambiente de trabalho…

Por Cleiva Araújo – graduanda em Psicologia pela Faccat e colaboradora estratégica da Abarca