Estamos deixando para trás 2016. Um ano que ficará marcado pelo agravamento das crises política e econômica que afetaram todos os brasileiros e tragédias de grandes proporções. E o que isto tudo tem a ver com comunicação? Tudo, absolutamente tudo. Tem a ver com a comunicação e a falta dela.

Foram os meios de comunicação e seu incansáveis profissionais que deram luz a todos estes acontecimentos, utilizando as diversas plataformas que a tecnologia oferece. E o que é mais importante: a resposta dos leitores em tempo real, que interagem nestas mesmas plataformas, manifestando abertamente suas opiniões.

E neste processo todo, como ficam as empresas e seus gestores?  Em meio a tanta informação que afeta diretamente seu consumidor, como fazer com que suas marcas e produtos também tenham um lugar cativo na atenção do público? Como fazer a comunicação ser efetiva, se a primeira reação é o corte de verbas? É neste momento que o gestor precisa chamar seu time para falar sobre comunicação. Avaliar o que e como está fazendo e tornar estas ações ainda mais efetivas. E vai descobrir que, mesmo com pouco orçamento, muito pode ser feito. Desde que haja planejamento alicerçado em dados e fatos, podem ser criadas campanhas efetivas, utilizando ferramentas online ou off-line – de novo, depende da estratégia. Visibilidade é palavra de ordem e a busca é por identificação entre marca e consumidor.

A comunicação é a ferramenta de diferenciação e credibilidade – através da aproximação junto ao cliente.
A Abarca vivenciou estas questões acima tanto como cliente como prestadora de serviços. Encerramos 2016 com crescimento substancial no número de atendimentos. Por que? Porque definimos nosso posicionamento, ampliamos o leque de serviços e acima, de tudo, apostamos no talento, escolhendo parceiros com expertise nas suas áreas. A Abarca olha a comunicação dos clientes com apuro e as estratégias são executadas após avaliação das suas necessidades. Com isto, a presença deles nas mídias escolhidas aumentou e, gerando mais engajamento e novos negócios.

As crises afetam a todos. Sim. A diferença é como interagimos com elas. Neste processo, a comunicação nunca é um custo e sim, um patrimônio.

Entre em contato conosco. Tenho certeza que temos alguma solução para o teu negócio avançar no mercado!

Por Kétlin Pacheco – CEO da Abarca e consultora de negócios